20 dezembro 2016

Oração das Mães pela Paz !










Antonio Ateu

A canção "Oração das Mães", nasceu como resultado de uma aliança entre o cantor-compositor Yael Deckelbaum, e um grupo de mulheres corajosas, liderando o movimento de "Women Wage Peace". O movimento surgiu no verão de 2014 durante a escalada de violência entre Israel e os palestinos, ea operação militar "Tzuk Eitan".

Em 4 de outubro de 2016, mulheres judaicas e árabes começaram com o projeto conjunto "Marcha da Esperança". Milhares de mulheres marcharam do norte de Israel para Jerusalém em um apelo à paz. Uma chamada que atingiu seu pico em 19 de outubro, em uma marcha de pelo menos 4.000 mulheres metade deles palestinos, e Meio Israelita, em Qasr el Yahud (no Mar Morto do Norte), em uma oração comum pela paz. Na mesma noite, 15 mil mulheres protestaram na frente da casa dos priministas em Jerusalém.

As marchas juntaram-se com o vencedor do Prêmio Nobel de Paz, Leymah Gbowee, que levou ao fim da Segunda Guerra Civil Liberiana em 2003, pela força conjunta das mulheres.

Na canção, Yael combinou uma gravação de Leymah, mostrada a partir de um vídeo do youtube em que ela tinha enviado suas bênçãos para o movimento.



Postado em Luis Nassif Online




17 dezembro 2016

A vida é um sopro


Resultado de imagem para vida e tempo




Wandy Luz

Às vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido. Nascemos, crescemos e passamos a vida sem muitas vezes perceber que tudo, absolutamente tudo, é tão passageiro, e que nossa passagem por aqui é efêmera. Pena que muitos de nós demoram muito, ou talvez nunca se dão conta disso.

Contando com a eternidade, muitos vivem como se nunca fossem morrer, outros morrem como se nunca tivessem vivido. Um dia você está beijando e abraçando uma pessoa, no outro você pode estar dizendo adeus, e tudo que restará serão somente as lembranças.

Passamos a vida lutando, batalhando por um futuro melhor, uma vida melhor. Estipulamos data e lugar marcado para sermos felizes e realizados.

So nós esquecemos de um pequeno detalhe, o futuro não existe, porque quando ele chega, ja é hoje. Portanto, tudo o que temos, temos agora, tudo o que somos, somos agora, e o amanhã pode nunca chegar.

Não, eu não estou sendo negativa, estou somente enfatizando o fato de que podemos não ter o tempo suficiente para realizar todos os sonhos e desejos do nosso coração. Estou lhe dizendo que talvez você esteja perdendo tempo, na profissão errada, com a pessoa errada, no lugar errado.

Infelizmente eu não tenho todas as respostas, e na condição de ser humano imperfeito que sou, jamais poderia dizer o que é certo ou errado.

Você sabe, você vai sempre saber

Seu coração vai lhe contar segredos incríveis. Ele vai bater forte, ele vai bater num ritmo de dança e alegria todas as vezes que fizer algo que te faça feliz.

Sua alma vai celebrar, seu espirito vai agradecer, e a sua luz vai brilhar tanto, que todos a sua volta serão iluminados.

Então agrade ao seu coração, talvez isso incomode a razão em algumas circunstâncias, mas não se esqueça de que quem bomba sangue em suas veias é ele, o coração, então escute-o, cometa loucuras se for preciso, se arrependa, chore, ria, lamente, comemore, mas não deixe de viver.

Não deixe para amanhã, não deixe para depois, porque aquele encontro tão bem planejado pode nunca acontecer. Sempre que abraçar ou beijar alguém que ama, faça como se fosse a última vez, porque na verdade nunca saberemos quando será de fato a última vez.

Não tenha vergonha de ser intenso, não tenha medo de se jogar no desconhecido. Porque não há tempo que volte, então vamos apreciar o que não pode ser comprado, vamos apreciar tudo aquilo que pode ser somente sentido.

O barulho da chuva no telhado, o pôr do sol, os trovões durante as tempestades de verão, o primeiro sorriso de uma criança, o primeiro beijo, andar descalço, tomar banho de chuva, rir até a barriga doer, namorar a lua, contar as estrelas, comer sua sobremesa favorita, conversas silenciosas entre dois olhares apaixonados, e o mais importante de tudo, vamos apreciar e agradecer toda vez que o dia amanhecer e os nossos olhos se abrirem.

Enquanto há vida, todo o resto é possível

E quando finalmente nos mudarmos para a terra da eternidade, que nossa viagem seja feita com tranquilidade, que estejamos serenos e satisfeitos com a sensação de dever cumprido, com a alma leve e o coração em paz.

Ame, sorria, perdoe, seja humilde e não se venda por coisas, pessoas ou sentimentos baratos. Seja uma boa pessoa, tenha compaixão e dignidade, e garanta uma vida plena, uma existência significativa, e um final feliz.

The End ( só você pode decidir como vai ser)
















16 dezembro 2016

Lembrancinhas de Natal 2016


Resultado de imagem para presentes baratos natal 2016





39,99




29,90


dvd roberto carlos em las vegas show c/ 19 músicas lacrado.

18,99

porta retratos criativos para presente


presentes para mulheres vaidosas


presentes para quem gosta de beber


presentes para quem ama receber em casa



44,90




39,90




18,90




32,90




Capinhas celular 24,00


Resultado de imagem para chocolates preços natal 2016

Chocolate 49,00




Amor bonito . . .


Resultado de imagem para casais amor

Amor bonito é o que chega do nada e muda tudo


André J. Gomes

Ahh… o amor mais bonito é o que chega sem aviso, sem cerimônia, sem frescura. Vem de surpresa, repentino, enxerido. Surge do nada e muda tudo.

Impetuoso, desmedido, esse amor não tem vergonha na cara! Altera o rumo das coisas, muda a velocidade do tempo, troca os planos, arreda do chão nossos pés que afundavam estúpidos, sem notar. Desarruma a cama e a casa, desafina a orquestra, tira o foco, incomoda, tumultua. O amor quando vem sem mais não deixa por menos. Bagunça o coreto, põe fogo no circo, senta e assiste.

Gente muito afeita a planos e métodos, agendas e estratégias não quer ver esse amor nem pintado de verde. Foge dele como as baratas correm do chinelo. Mas não tem jeito. O amor quando dá as caras é pra alterar o estado das coisas. Vem e melhora o mundo aprimorando os amantes.

Que raio de amor é esse que se contenta com a vida como está? Amor é rebuliço, inconformismo, reforma, transformação! Chega mudando tudo e não quer nem saber. Vê como é bonito esse negócio de amar, mudar e ser mudado pelo outro?

O amor é um movimento involuntário da vida. A gente ama para sobreviver. Vai vivendo e vai amando. Pode ver. Ninguém pede licença pra sair gostando de alguém. A gente gosta e pronto. Começa gostando um pouquinho, vai pensando na pessoa de noite, na solidão de nascença que vem com o sono, o coração sentindo uma alegria vaga, um alívio agradecido por haver no mundo quem desperte amor na gente. Aí descamba tudo.

A gente vai gostando mais. Como quem entra no mar devagarinho, com coragem e com respeito, solta o corpo lentamente, desde a praia onde é só espuma até o pé não tocar mais o chão e a gente sair boiando, a vida se tornando céu e sol, água e sal. Quanto mais a gente ama, mais a gente vive!

A vida é boa de qualquer jeito. Viver é sempre bom. Mas com amor ela é muito melhor. Quem ama tem nas mãos um atestado de que tudo, tudo vale a pena. Sentir amor é a vida em estado de utilidade franca. A gente nasce é para isso mesmo. Para amar e ser amado. Faz de tudo por aí até encontrar o que faz com amor. Quando encontra, sai pela vida construindo belezas, criando instantes de amar e provocar amor nos outros.

Chegar, todo mundo chega. A gente chega na vida do outro, o outro chega na vida da gente. Ora vai, ora fica. Quando vai, dá saudade, dá alívio, dá coisa nenhuma, tanto faz, tanto fez. Quando fica, ora é bom, ora não. Tem de tudo.

Mas tem um povo que chega do jeito mais bonito. Porque chega com amor! Chega assim, do nada, e acorda a poesia que dormia dentro da gente como um bicho no frio, à espera de quem a desperte com um sorriso largo e um calor na alma.

Essa gente vem sem mais e provoca tanto amor que transforma o rumo das coisas. Muda a si mesma, muda o outro, muda o mundo. Deus nos livre dos amores programados, presumidos, previstos em planilhas e agendas. Eu quero é um amor que venha do nada e mude tudo!



Postado em Conti 0utra



Onde está você ?



Resultado de imagem para cadê os coxinhas?






15 dezembro 2016

Calar jamais !


Resultado de imagem para campanha calar jamais










A última do ano



Imagem relacionada


Felisberto N. Junior

Vai chegando o final do ano e uma mistura de nostalgia, remorso , fé, esperança e vontade de mudar. 

E com pouco dinheiro , triste e cansado, fica difícil comemorar qualquer coisa. Mas não temos como escapar dos convites para comemorações, onde nos juntaremos à alguns colegas que não vimos o ano quase inteiro e que creem ter proximidade e intimidade conosco. 

Então, sobre isso, fui convidado para uma festa de Natal , no dia xy de dezembro, com início ao meio dia. 

Em síntese, que devemos , todo mundo , se reunir no salão de festas privativo da Churrascaria. Que o bar estaria aberto com várias opções de bebidas. Que haveria uma banda tocando canções tradicionais de Natal. E que, nenhum presente deveria exceder R$ 50,00.

Ah não, aí , desta maneira estão pretendendo excluir os colegas judeus ou que não sejam cristãos. E nem estão reconhecendo o Chanukah . 

Pensando nisso, eu acho melhor não chamarem de Festa de Natal, e sim chamá-la de "Festa de Final de Ano". 

Neste caso, não pode haver árvore de Natal e nem canções de Natal. Também acho que é melhor esquecer a troca de presentes. Para os que estão sem dinheiro, R$ 50,00 é muito e alguns colegas acham que R$ 50,00 é muito pouco para comprar um presente.

Ah, também tem que lembrar que em dezembro começa o mês sagrado do Ramadan para os Muçulmanos, que proíbe comer e beber durante horas do dia. Melhor seria que a Churrascaria pudesse embalar para que estes levem para casa. Melhor também uma mesa para pessoas que não bebem álcool. 

Ah sim, não se pode esquecer de colocar os colegas membros dos Vigilantes do Peso sentados o mais longe possível do buffet de sobremesas. Colocar os vegetarianos sentados na mesa mais distante da churrasqueira. Que a comida com baixa-caloria esteja disponível para os que estão de dieta. E para os diabéticos, sobremesas sem açúcar. Que tenham tomates hipocondríacos e arroz japonês pra comer de ohashi. Que tenham assentos mais altos para pessoas baixas. Assentos mais baixos para pessoas altas?

O convite que recebi está com homogeneidade demais para o grupo heterogêneo que somos!

Melhor cancelar a Festa de Final de Ano! Nem vou poder comparecer mesmo, estou naquele ciclo de encher a cabeça de planos e refletir sobre a mensagem verdadeira do Natal . 

Inclusive, estou pretendendo fazer o que não fiz o ano inteiro, nestes últimos dias. Estou até tomando remédio para reduzir o estresse e a ansiedade e antes que comece a fazer efeito, quero desejar a todos um feliz aniversário e que o coelhinho de Natal realize os sonhos deste Carnaval que está acabando e um 2020 repleto de realizações e viva os noivos! 

Adeus ano velho. A Deus ano novo.



Postado em Be Happy



Maquiagem para o Natal








Procurando uma maquiagem caprichada de Natal? O tutorial da vez é dedicado a quem gosta daquele visual mais elaborado, mas sem complicações! Vamos de brilho, de cor e tudo o que temos direito, inclusive cabelo e look, nesse ‘Se Arrume Comigo de Natal’.

Para essa inspiração de Natal, resolvi fazer algo com mais vida e abusar das cores principais e tradicionais que são o verde, dourado e vermelho. Inovação zero rsrsrs mas sei que às vezes dá saudades do clássico, né?! 

As pessoas tem um pouco de receio de fazer um olhão e bocão ao mesmo tempo, geralmente ou é um ou é outro, mas isso é bem pessoal e em alguns momentos a gente se sente confortável para ir um pouco além.

Hoje vocês viram que essa proposta é bem possível e fica linda quando você tem a segurança e fé que vai dar tudo certo, pensamento positivo te ajuda tanto na maquiagem quanto na vida, viu?!




Nos olhos, comecei com um verde na base, que acabou se escondendo quando eu apliquei o glitter dourado, mas que se camuflaram super bem e deu o toque final. Na boca, apostei no vinho metalizado e que deixou tudo mais harmônico dentro da proposta de olho tudo, boca tudo. 

No cabelo, dei aquela famosa ajeitadinha nos fios que estavam voadores, com um truque de ondulado nas mechas da frente, já que joguei tudo para lateral. Do outro lado, puxei todo o meu cabelo e prendi com 4 grampinhos dourados para aparecer mais, acho que deu um ar mais moderninho para o penteado.



VEJA TODOS OS DETALHES NO VÍDEO




PRODUTOS USADOS

Paleta de Sombras Vice 2 – Urban Decay

Base Cushion – Make B de O Boticário • cor bege médio

Glitter – Ricosti • cor bronze

Bronzer 4 em 1 – Eudora • cor bronze divino

Máscara de Cílios – Guerlain

Corretivo efeito matte – Tracta • cor médio

Pincéis ovais – Macrilan

Pincéis – Pausa para Feminices

Caneta delineadora Perversion – Urban Decay

Lápis jumbo branco – ShopBela

Lápis iluminador duplo – Quem Disse, Berenice?

Fixador de Glitter – Koloss

Contorno labial – Nyx • cor 808 deep purple

Batom – Vult • cor Let’s Rock! Rock It

Aproveitou a inspiração? Me conta aqui nos comentários como você pretende se arrumar nesse Natal! Lembrando sempre do maior significado dessa data, desejo a vocês muita união, amor, renovação e paz.



Postado em Juliana Goes




14 dezembro 2016

Brasil : Agora mais longe do " País do Futuro "


Resultado de imagem para imperialismo americano


Brazil, a desconstrução de uma nação


Por Ricardo Azambuja, colaborador do Cafezinho

Já não ficamos surpresos com os acontecimentos surreais deste outrora país do futuro. Nosso espanto virou rotina. Sequer podíamos imaginar que após conquistar a tão sonhada democracia, depois de mais de 20 anos de ditadura militar, mergulharíamos num poço sem fim de retrocesso e caos institucional. Pois aqui estamos, em algum ponto, em queda livre. Sem rede de proteção.

Para entender o momento atual não é necessário grandes elucubrações sobre o nosso complexo autofágico de casa grande e senzala. Há uma outra análise que se impõe quando ampliamos a lupa para olhar o que acontece no mundo. Das guerras fabricadas aos impeachments, das manipulações midiáticas à tecnologia digital das redes de espionagem onipresentes, tudo aponta numa direção: o favorecimento de interesses financeiros e geopolíticos de uma elite global cada vez mais elite, num mundo cada vez mais desigual. É assim que o Brazil com Z faz sentido, uma nação desconstruída por interesses poderosos.

Tal quais as nações envolvidas por guerras fabricadas, como a Síria, Iraque, Líbia e Afeganistão, hoje paralisadas pelo caos e dependência externa, países com presidentes depostos por golpes jurídico midiáticos, como Honduras, Paraguai e Brasil, são fragilizados e expostos à dominação. Filet mignons suculentos servidos de bandeja no cardápio do banquete do new imperialism.

Os interesses e ganhos movem o mundo. Rotule como queira o capitalismo atual, há de se concordar que ele está mais desrespeitoso com a condição humana do que em qualquer época anterior, levando em conta o progresso obtido pela humanidade e as possibilidades de análise crítica atuais. As guerras e a derrubada de governos nacionais inapropriados fazem parte de jogadas sofisticadas, frias e desumanas, planejadas no tabuleiro da geopolítica internacional.

As intromissões da diplomacia estrangeira e dos serviços de inteligência na compra de autoridades nativas e do apoio da mídia e do judiciário dos países visados, com o intuito de destituir governos eleitos democraticamente, tendem a se consolidar como uma fórmula barata e eficaz de obtenção de resultados práticos favoráveis, sem precisar sujar as mãos de sangue.

O Brasil tornou-se alvo potencial do nosso vizinho todo-poderoso do norte não só por suas riquezas, pelo aquífero guarani, nióbio, Pré Sal, pelo avanço no enriquecimento de urânio e pelos mega contratos que não privilegiaram empresas norte-americanas, como a compra dos caças suecos pela aeronáutica (negócio que está sendo questionado e utilizado na perseguição "judicial" ao ex-presidente Lula, tal qual a Petrobrás serviu para detonar o PT. Coincidências?).

Com o PT no poder, o Brasil precisava ser aquietado, pois emergia como potência regional e, principalmente, independente. Pior, formou com outros gigantes players globais, como a China e Rússia, o BRICS, o bloco de países emergentes em desafio direto à supremacia americana. Os EUA não perdoaram. Esperaram o momento oportuno para utilizar todos os recursos de um planejamento confidencial que deu certo. Desconfio, porém, que nem eles e nem ninguém pensou que seria tão fácil. Aqui estamos. No quintal dos fundos do Tio Sam, bagunçado e à venda.



Postado em O Cafezinho em 14/12/2016









Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...