30 junho 2016

Se deseja imprimir dinheiro, plante sua comida e revolucione o mundo !


PLANTE_SUA_COMIDA


Tales Luciano Duarte

Se deseja imprimir dinheiro, plante sua comida!

Essa frase que soa como simplista tem na realidade uma revolução por trás. Ao plantar seus próprios alimentos você realmente está mudando o mundo.

Muitos alimentos viajam km’s e km’s até chegar em seu prato, muitos estão completamente contaminados com agrotóxicos que é necessário para monocultura(produção ou cultura agrícola de apenas um único tipo de produto agrícola) é o que ocorre com a soja, milho, trigo e diversos outros alimentos que existem grandes áreas(latifúndios) produzindo-os.

Devido a falta de diversidade neste ambiente, os insetos não tem outra opção, precisam comer algo e comerão, talvez eles nem gostem tanto de soja, por exemplo, mas é o que tem pra hoje – já que foi exterminada toda biodiversidade naquele ambiente – e para afastar esses “malvados” insetos será necessário uma quantidade vertiginosa de fertilizantes e agrotóxicos, e claro, matará os insetos, e claro, contaminará o alimento, e claro, não fará muito bem a sua saúde, e claro, gerará doenças. 

E nesse LOOP estúpido vive a sociedade “moderna”.

Planta-Contamina-Come-Adoece! Planta-Contamina-Come-Adoece! Planta-Contamina-Come-Adoece! 

E isso sem falar nos transgênicos, uma aberração inventado pela Monsanto que está provocando estragos a nível planetário. Se deseja entender porque os transgênicos são tão maléficos assista o filme O mundo segundo a Monsanto.

Mas felizmente sempre haverá o MAS.

E cada dia mais, várias pessoas estão descobrindo as farsas por trás das grandes multinacionais de alimentos, as farsas dos grandes latifundiários, as farsas do sistema que lhe oferece o alimento contaminado e depois já lhe oferece o remédio para “curar” as doenças provocadas por esses “alimentos”.

As indústrias de alimentos geralmente estão conectadas com a indústria farmacêutica. Uma tem a função de lhe adoecer e a outra de lhe “curar”, assim se mantém o sistema empilhando ouro para uma pequena elite mundial em prol da maioria. 

E voltando a frase do início do texto, o que você pode fazer por isso? Onde você entra nessa história? Imprima seu próprio dinheiro, ou seja, plante sua comida. 

O vídeo abaixo, A Revolução da Horta Caseira nos abre horizontes e nos mostra que não precisamos depender tanto de grandes indústrias alimentícias para nos alimentarmos, só precisamos ser cara de pau e tentar. Erra daqui, acerta dali, existe uma genética instintiva em todo ser humano de saber plantar seu próprio alimento.

E mesmo que esse instinto esteja em pouco empoeirado na maioria de nós, ele está ali escondidinho. Mas se deseja dar o pontapé inicial busque na internet como fazer sua horta caseira e verá que não é tão complicado assim, na realidade, só colocamos a semente ali e a natureza faz a mágica da impressão de sua comida. Bom Apetite!

Provavelmente vc gastará menos tempo do que pegar o carro, enfrentar trânsito, estacionar no supermercado, escolher os produtos, por no carrinho, tirar para passar no caixa, pagar, colocar novamente no carrinho, colocar os produtos no carro, pegar novamente o trânsito, chegar em casa e tirar as sacolas do carro, colocar as sacolas em casa, tirar os alimentos das sacolas e guardar nos armários, abrir o plástico do alimentos, jogar o plástico fora, gerar resíduos que demorará 400 anos para ser eliminado pela natureza.

Ufa!!!!! Até cansei. Acho que é mais fácil e mais prazeroso jogar a semente na terra, molhar e depois colher. E existem soluções para apartamento também.

Arrisque-se! Veja o vídeo abaixo e se inspire! 





Postado em Yogui.co



29 junho 2016

Brasil já retirou quase 15 mil toneladas de sal dos alimentos [ Notícia boa que você jamais verá no Jornal Nacional da Globo, mas que até o governo interino golpista reconhece ]




Jornal GGN – O acordo de redução de sódio em alimentos processados já garantiu a retirada de quase 15 mil toneladas de sal das prateleiras dos supermercados. A meta do Ministério da Saúde e da Associação Brasileira das Indústrias de Alimentação (Abia) é chegar a 28.562 toneladas até 2020.

O acordo foi iniciado em 2011. De acordo com o ministro interino da Saúde, Ricardo Barros, o sucesso da campanha foi possível graças aos trabalhos de pesquisa e desenvolvimento da indústria alimentícia. 

“O Brasil é referência mundial nesse programa de redução de sódio na alimentação. Daí a importância da pesquisa, desenvolvimento e investimento da indústria nesses insumos que vão substituir o sal e que produzem os resultados positivos”, disse.

A maior redução de sódio foi observada em temperos, com queda de 16,35%, seguida pela margarina, com 7,12%. Outras categorias também registraram queda: cereais matinais, 5,2%; caldos e cubos em pó, 4,9%; temperos em pasta, 1,77%; e tempero para arroz, 6,03%.

A única categoria que registrou aumento na concentração de sódio foi a de caldos líquidos e em gel, com alta de 8,84%.

Da Agência Brasil


Por Andreia Verdélio

O Ministério da Saúde e a Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (Abia) informaram hoje (29) que o acordo de redução de sódio em alimentos processados já possibilitou a retirada de 14.893 toneladas dos produtos alimentícios. A meta é que as indústrias promovam a retirada voluntária de 28.562 toneladas de sal das prateleiras até 2020.

Os dados são resultados das três primeiras fases do acordo, iniciado em 2011.

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, disse que esse é um resultado positivo e destacou o trabalho de desenvolvimento e pesquisa da indústria de alimentos. “O Brasil é referência mundial nesse programa de redução de sódio na alimentação. Daí a importância da pesquisa, desenvolvimento e investimento da indústria nesses insumos que vão substituir o sal e que produzem os resultados positivos”, disse.

Segundo o presidente da Abia, Edmundo Klotz, retirar o sal é muito mais complicado do que parece, já que, além de realçar o sabor, o cloreto de sódio é um antioxidante natural, que faz prolongar a vida dos alimentos. “Só que ele tem consequências para a saúde, então tem que haver um substituto”, disse. “Tivemos a demonstração daquilo que pode acontecer quando o governo abre as portas para encontrar soluções em comum com o setor privado”, completou, destacando o sucesso do acordo.

Na terceira etapa do acordo, a maior redução de sódio foi observada nos temperos, com queda de 16,35%, seguida pela margarina com 7,12%. Outras categorias também registraram queda: cereais matinais, 5,2%; caldos e cubos em pó, 4,9%; temperos em pasta, 1,77%; e tempero para arroz, 6,03%. Caldos líquidos e em gel é a única categoria que teve aumento na concentração de sódio, 8,84%.

O volume total de sódio reduzido dos alimentos na três etapas, corresponde, segundo o ministério, a 3.723 caminhões de 10 toneladas carregados de sal; alinhados, eles preencheriam 52 quilômetros de estradas.

Redução por etapas

A primeira etapa do acordo, assinado em abril de 2011, estabelecia metas nacionais de redução de sódio em massas instantâneas, pães de forma e bisnaguinhas. Os resultados mostraram que 1.859 toneladas de sal foram retiradas dos alimentos nessa fase.

Em outubro de 2011, a retirada de sal foi acertada para batatas fritas, salgadinhos, bolos e misturas para bolos, maionese e biscoitos, com redução total de 5.793 toneladas. Os resultados da terceira etapa do acordo, assinado em agosto de 2012, que previa a redução de sódio em temperos, caldos, cereais matinais e margarinas vegetais até 2015, mostraram redução de 7.241 toneladas de sal nos alimentos.

A quarta fase, assinada em novembro de 2013, estabelece redução de sódio em empanados, queijo mussarela, sopas, requeijão cremoso, hambúrguer e embutidos, como linguiças e salsicha. Os resultados dessa etapa deverão ser apresentados até o fim deste ano. Segundo o ministério, as metas são progressivas e já está em discussão a renovação das metas da primeira etapa.

A Abia representa hoje 70% das indústrias de alimentos do país.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) apresentou também dados mostrando que, em 2014, 94,5% das 22 empresas pesquisadas já haviam alcançado a meta da terceira etapa e traziam essa informação nos rótulos. Segundo o ministério, as demais empresas foram notificadas e se adequaram posteriormente.

De acordo com o Ministério da Saúde, o brasileiro consome uma média de 12 gramas de sódio todos os dias. O valor é quase o dobro do recomendado pela Organização Mundial da Saúde, de menos de 5 gramas por dia.



Postado em Luis Nassif Online em 29/06/2016



Dilma, no SBT : “é claro que Temer e Cunha não falaram sobre futebol”. Assista


entrevsbt


A presidente Dilma Rousseff, disse, em entrevista ao jornalista Kennedy Alencar, do “SBT Brasil”, hoje, desta que o deputado afastado Eduardo Cunha representa “uma ameaça integral” ao presidente interino, Michel Temer. “Certamente eles não falaram sobre futebol. Com certeza trataram de assuntos que dizem respeito à governabilidade”, afirmou a presidente afastada sobre o encontro entre Temer e Cunha no último domingo.


Dilma afirmou que, se Cunha fosse afastado pelo STF (Supremo Tribunal Federal) antes da votação da Câmara sobre a admissibilidade do processo de afastamento – no dia 17 de abril – , a admissibilidade do impeachment ficaria comprometida. “Criaria uma situação muito ruim para o impeachment se ele tivesse sido afastado antes.” E prometeu que recorrerá ao STF caso o processo de afastamento definitivo seja aprovado pelo Senado Federal.


Veja, em dois blocos, a entrevista de Dilma.




26 junho 2016

Fotos divertidas de recém nascidos !





Quando vi essas fotos na página do Facebook MOTT BLOG pensei: preciso compartilhá-las no blog! Elas são muito lindas e divertidas!

Eu adoro fotos de recém nascidos, acho que é uma das fases mais legais para fazer um registro bacana, e essas aqui ficaram de arrasar.

Quase todas elas são inspiradas em filmes famosos, mas também tem fotos inspiradas em desenhos animados, jogos, personagens e outros.

Lindas, fofas e de babar! Confira! Você vai se encantar.

PS: não tente reproduzir essas imagens em casa. Elas foram feitas por profissionais especializados nesse tipo de registro fotográfico e muitas delas contam com efeitos de computação gráfica. 




















Postado em Macetes de Mãe



Pais nerds e seus Padawans recém-nascidos:







Fotos de bebê fofíssimas, em cenários que você faz em casa!:

Dr Seuss-inspired newborn photography:

This inseparable duo:

Newborn photography:

Piu <3:

A fun idea for family pictures.:


Sorrir faz bem !





IMG_2877

Bolsonaro e seu discurso de ódio ...









genildo







23 junho 2016

15 dicas do Feng Shui para melhorar a energia da sua casa




Stephanie Gomes

Tenho uma novidade incrível pra compartilhar com vocês: tô fazendo um curso de formação em Naturopatia e Terapias Holísticas!!! Comecei há um mês e tô amando. Faço no Sol Instituto, no Tatuapé (Zona Leste de SP), e o primeiro módulo (que terminei semana passada) foi o de Feng Shui

Confesso que não era a matéria que eu estava mais empolgada para estudar, mas me surpreendeu muito! Adorei aprender como funciona a terapia que trata a energia dos ambientes.

Minha ideia é, cada vez que eu terminar um módulo do curso, fazer pelo menos um post aqui no blog falando sobre o assunto, dando dicas que vocês podem aplicar na vida de vocês. 

Ainda vou ter módulos sobre cromoterapia, aromaterapia, florais de bach, fitoterapia, argiloterapia, cristaloterapia, radiestesia, Reiki, mantras, Medicina Tradicional Chinesa, Ayurveda e meditação. Pretendo também, conforme terminar os módulos e depois de treinar bastante as técnicas e me sentir preparada, começar a dar consultorias e atendimentos.

O objetivo do Feng Shui é harmonizar o fluxo de energia dos ambientes. Somos afetados pelo lugar em que vivemos ou passamos muito tempo, por isso é importante cuidarmos para que a energia desses locais esteja sempre limpa, positiva e em movimento. 

As técnicas do Feng Shui trabalham na limpeza, harmonização, fluidez e conexão das energias que nos circundam através da compreensão do espaço como um todo.
Quando você organiza o ambiente externo, como a casa ou o escritório, algo de bom sempre acontece ao seu precioso ambiente interno. O corpo, a mente e o espírito sentem e agradecem. - Silvana Occhialini
Já reparou que existem lugares onde você entra e em pouco tempo se sente cansado, sem energia e com uma vontade desesperada de ir embora? É claro que às vezes isso acontece por causa da energia das pessoas ou do que está acontecendo ali, mas e quando não há ninguém te incomodando nem nada acontecendo, e mesmo assim você não se sente bem num lugar? 


Provavelmente esse ambiente possui desequilíbrios que podem estar na bagunça, no excesso de coisas e informações, nas cores, em energias estagnadas, na falta de harmonia, em disposições desfavoráveis ou nos elementos predominantes (madeira, metal, água, fogo, terra). O Feng Shui trabalha todos esses aspectos e traz inúmeros benefícios a um espaço:

  • desbloqueia a energia do ambiente, remove energias estagnadas e faz com que a energia flua no espaço
  • alinha objetivos e sonhos do indivíduo com a energia do seu ambiente externo
  • potencializa a Lei da Atração (através de seus símbolos e rituais)
  • aumenta o bem-estar dos moradores de uma casa ou dos funcionários de uma empresa
  • harmoniza as energias da natureza dentro de um espaço
  • torna os ambientes agradáveis e saudáveis, de acordo com a função que cada ambiente possui
  • permite que as pessoas estabeleçam novas relações com os espaços em que vivem
  • altera padrões de energia e, assim, muda a direção que a vida da pessoa está seguindo
Não vou conseguir explicar a aplicação do baguá (a ferramenta usada no Feng Shui para determinar que área da vida cada ambiente da casa representa) porque ela é cheia de detalhes, acho que para entender totalmente só mesmo fazendo um curso ou contratando um consultor. Mas vou compartilhar com vocês algumas coisas super simples que você pode fazer na sua casa para melhorar as energias, seguindo a sabedoria do Feng Shui:


1) Portas devem abrir totalmente – todas as portas da casa devem abrir completamente, sem obstruções (como armários, mesas, cestos e objetos atrás da porta, que impedem a abertura total), para que a energia flua sem dificuldade por toda a casa. É importante que todos os dias você abra as portas e janelas da casa por pelo menos 30 minutos, para a energia entrar e circular e para que o ar seja renovado.

2) Conserte ou retire coisas quebradas – conserte, troque ou jogue fora tudo aquilo que não funciona. Coisas quebradas não trazem energias boas para a casa e atraem estagnação e obstáculos em outras áreas da vida.

3) Coloque um lírio da paz ao lado do computador (principalmente se ele fica no quarto) – essa planta alivia as ondas eletromagnéticas emitidas pelo computador.




4) Tire aquilo que não tem utilidade e evite os excessos – para abrir espaço para oportunidades e permitir a entrada de energia de renovação. Se seu ambiente é cheio de objetos, bagunça e tralhas, sua vida vai ser cheia de coisas bagunçadas e inúteis também.

5) Decore com objetos que tenham significado para você e te tragam boas sensações – Tenha quadros, estátuas, enfeites, fotos etc que te passam lembranças ou emoções positivas. Quando você olha para aquele objeto, ativa instantaneamente uma determinada área da sua mente e vibra naquela sintonia (Lei da Atração!). Analise os objetos que estão à sua volta e deixe à vista aqueles capazes de reproduzir o padrão vibratório que você deseja para a sua vida.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...